BEM-VINDO AO BLOG DE ELIANA BELO
Arquivo virtual de História, Memória e Patrimônio de Indaiatuba (SP) e região.*

Este blog só é viável com o auxílio de vários colaboradores; seja um também, divulgando seu (s) texto (s) ou imagem (ns).

CITE A FONTE ao fazer uso de textos ou imagens publicados neste blog; grande parte do material foi cedido generosamente por colaboradores.

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Pró-Memória de Indaiatuba promove concurso cultural de fotografia Retratos de Indaiatuba

Com intuito de envolver a comunidade com a cidade de Indaiatuba e divulgar a data de 9 de dezembro quando, em 1830 Indaiatuba se tornou freguesia, a Fundação Pró-Memória de Indaiatuba promove o Concurso Cultural de Fotografia “Retratos de Indaiatuba”. 
O objetivo é valorizar diferentes paisagens e olhares indaiatubanos, as fotos deverão ser atuais, podendo ser preto e branco ou coloridas e deverão ser enviadas para o email concursocultural@promemoria.indaiatuba.sp.gov.br entre o dia 30 de outubro e o dia 23 de novembro. 
Um júri técnico composto pelos fotógrafos profissionais Antônio da Cunha Penna, Vagner Luiz e Cassio Sampaio, tendo como suplente Cléci Noernberg, do grupo Foto Clube de Indaiatuba, serão os responsáveis pela escolha da melhor foto que represente a cidade.
Os pré-requisitos para participar do concurso, bem como a formatação das fotos a serem enviadas pelos interessados, estão elencados no regulamento do concurso disponível no site da Fundação Pró-Memória de Indaiatuba
O vencedor receberá um tablet, e os segundo e terceiros colocados serão, também, agraciados com um prêmio.


quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Câmara Municipal de Indaiatuba - História

Em 1859, através da Lei nº 12, de março do mesmo ano, o município foi levado á categoria de Villa. 

Entre as exigências desta lei, estava a obrigatoriedade de se fazer a casa de Câmara a sua custa.    Com isso, em 3 de julho de 1859, aconteceu em Indaiatuba, a primeira eleição para vereadores e em 31 de julho desse mesmo ano, foram empossados os vereadores:


Vicente Ferrer do Amaral, como presidente, 
José de Sampaio Bueno, 
Francisco Xavier deAlmeida,
João Leite de Sampaio Buen o, 
Francisco Xavier de Almeida Campos. 

É importante salientar que naquela época, as pessoas com direito a voto precisam comprovar uma renda anual de r$ 100 mil reis (cem mil reis ).

Outro dado importante é que a Câmara  não possuía um prédio próprio e, durante 10 anos, as reuniões aconteciam nas residências  dos vereadores. 

Somente em 1869, foi comprada uma casa na Rua das Flores, atual Pedro de Toledo, onde funcionava o Paço Municipal.

Em 1891, a Câmara Municipal de Indaiatuba passou a funcionar em um prédio construído no centro da Praça Prudente de Moraes, onde ficava também a Cadeia (veja imagem abaixo). 

É importante salientar que naquela época, o presidente que era eleito entre os vereadores mais votados e exercia as funções do Executivo, não existindo o cargo de prefeito.

Em 1964, a Câmara passava a funcionar em um prédio na rua Bernardino de Campos. 

Em 1977, o Legislativo foi transferido para o prédio ocupado na época pela  prefeitura municipal, na Rua Cerqueira César, esquina com a Rua 15 de novembro.

Finalmente, em 1983 inaugurou sua própria sede, na rua Humaitá, onde está até hoje.

 http://www.camaraindaiatuba.sp.gov.br/




Foto: Prédio da Câmara Municipal e cadeia na atual praça Prudente de Moraes, na década de 50.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS MAIS PROCURADAS - Última semana

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

.

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação
Ave silvestre foi domesticada e atualmente voa livremente pela cidade, pousando em logradouros públicos, tornando-se conhecida e querida pelos indaiatubanos. Ajude a preservar!

SEGUIDORES