BEM-VINDO AO BLOG DE ELIANA BELO
Arquivo virtual de História, Memória e Patrimônio de Indaiatuba (SP) e região.*

Este blog só é viável com o auxílio de vários colaboradores; seja um também, divulgando seu (s) texto (s) ou imagem (ns).

CITE A FONTE ao fazer uso de textos ou imagens publicados neste blog; grande parte do material foi cedido generosamente por colaboradores.

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

O MUSEU DA CIDADE DE SALTO SEDIARÁ TRÊS OFICINAS A PARTIR DO PRÓXIMO SÁBADO.


A partir desse sábado, dia 27 de agosto, o Museu da Cidade de Salto sediará três oficinas de capacitação em conservação de acervos oferecidas pelo Espaço Cultural Barros Jr., iniciativa que faz parte do projeto premiado pelo PROAC 19/2015 de Preservação de Acervos Museológicos, e que previa a reestruturação da Reserva Técnica e implantação do Centro de Conservação do Museu da Cidade de Salto.

As oficinas serão as seguintes:

Dias 27 e 28 de agosto: “Os álbuns de família e as narrativas da memória / Suporte e acondicionamento de fotografias” - Oficina que trará ao público técnicas para suporte e acondicionamento correto de fotografias pessoais, com o intuito de garantir a longevidade dos acervos familiares.

Dias 29 e 30 de agosto: “Conservação e tratamento de papéis/ O documento e a investigação historiográfica” - Oficina voltada para profissionais de Museus e interessados na temática, que tem como objetivo mostrar mecanismos de conservação, tratamento e intervenções para salvaguarda de acervo em papel.

Dias 30 de agosto e 01 de setembro: "Conservação e tratamento de fotografias/A fotografia como documento histórico.” - Oficina voltada para profissionais de Museus e interessados na temática. Essa oficina tem como objetivo apresentar aos participantes uma introdução às técnicas de conservação preventiva e recuperação de fotografias.

Todas as oficinas são gratuitas e as inscrições poderão ser feitas pelo link: https://goo.gl/forms/XIlrHr4sPM9uQ82v1


POSTAGENS MAIS PROCURADAS - Última semana

Indaiatuba - A cidade que tem um urubu de estimação

Indaiatuba - A cidade que tem um urubu de estimação
Ave silvestre foi domesticada e atualmente voa livremente pela cidade, pousando em logradouros públicos, tornando-se conhecida e querida pelos indaiatubanos. Ajude a preservar!

Pelo reconhecimento das diferenças que existem entre nós. Só assim teremos oportunidades iguais!

Pelo reconhecimento das diferenças que existem entre nós. Só assim teremos oportunidades iguais!
Datas alusivas despertam a consciência pois estimulam a reflexão. Não faça uso da borracha preconceituosa que tenta apagar as diferenças. Pelo contrário! Reconheça as diferenças e valorize cada diversidade. Parafraseando Boaventura de Sousa Santos: “temos direito a reivindicar a igualdade sempre que a diferença nos inferioriza e temos direito de reivindicar a diferença sempre que a igualdade nos descaracteriza.”

SEGUIDORES