BEM-VINDO AO BLOG DE ELIANA BELO
Arquivo virtual de História, Memória e Patrimônio de Indaiatuba (SP) e região.*

Este blog só é viável com o auxílio de vários colaboradores; seja um também, divulgando seu (s) texto (s) ou imagem (ns).

CITE A FONTE ao fazer uso de textos ou imagens publicados neste blog; grande parte do material foi cedido generosamente por colaboradores.

quinta-feira, 7 de julho de 2016

Museu Casarão recebe exposição itinerante dos azulejos do Museu Republicano de Itu

Graças a uma parceria entre a Fundação Pró-Memória e o Museu Histórico Paulo Setúbal de Tatuí, Indaiatuba recebe no Casarão Pau Preto a exposição O Nascimento da República através dos Azulejos. O público tem até o dia até 30 setembro para apreciar a exposição, que é coordenada pelo documentarista e pesquisador José Antonio Barros Freire e reproduz obras do acervo do Museu Republicano "Convenção de Itu"/Universidade de São Paulo.

A EXPOSIÇÃO
O projeto em exposição se resume em nove painéis (1.50 m x 1.50 m) que contam episódios ligados à história da República. As imagens fotográficas retratam em tamanho real as obras que originalmente pertencem ao Museu Republicano "Convenção de Itu" e são acompanhadas de textos descritivos. 

As reproduções foram inspiradas em telas de Jean Baptista Debret, Hercule Florense e Miguelzinho Dutra.

O objetivo da exposição é homenagear um dos maiores historiadores do Brasil, Afonso de Escragnolle Taunay, responsável por idealizar os painéis de Azulejos do saguão do Museu Republicano. "Os azulejos, feitos pelo renomado ceramista Antonio Luiz Gagni, contam histórias de Itu desde a sua fundação em 1610, até a Primeira Convenção Republicana em 1873”, comenta o pesquisador e documentarista José Antonio Barros Freire.

Os trabalhos fotográficos são de autoria de Hélio Nobre, José Rosael, Irit Tommazini e Deborah Dubner. Os textos são assinados pelos docentes do Museu Paulista: Cecília Helena Salles Oliveira e Paulo César Garcez Marins. A curadoria é do historiador Jonas Soares de Souza e o projeto é do arquiteto Carlos Gama Chuva. 

A mostra é realizada com apoio do Governo de São Paulo / Secretaria da Cultura Proac (Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo) - Lei do ICMS. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS MAIS PROCURADAS - Última semana

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

.

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação
Ave silvestre foi domesticada e atualmente voa livremente pela cidade, pousando em logradouros públicos, tornando-se conhecida e querida pelos indaiatubanos. Ajude a preservar!

SEGUIDORES