BEM-VINDO AO BLOG DE ELIANA BELO
Arquivo virtual de História, Memória e Patrimônio de Indaiatuba (SP) e região.*

Este blog só é viável com o auxílio de vários colaboradores; seja um também, divulgando seu (s) texto (s) ou imagem (ns).

CITE A FONTE ao fazer uso de textos ou imagens publicados neste blog; grande parte do material foi cedido generosamente por colaboradores.

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Registro Fotográfico do Movimento Pedágio Justo em Indaiatuba - 1o. de julho 2010



Conforme programado, a sociedade civil de Indaiatuba mobilizou-se na manhã de hoje para protestar contra os pedágios abusivos cobrados pelo Governo do Estado de São Paulo nas (pasmem!) 227 praças de pedágio instaladas, principalmente a de Indaiatuba, que desde  00:01 minuto da manhã de hoje custa R$ R$ 9,15 - ou melhor,  R$ 18,30,  pois quem vai, volta né.

O principal objetivo do protesto, segundo o Movimento Pedágio Justo,  é usar a data para ganhar visibilidade e pressionar o governo e concessionárias a rever tarifas.

No ano passado em nossa cidade, um grupo já paralisou a praça da Rodovia das Colinas, mas na data de hoje, como se pode ver nas imagens abaixo, a mobilização foi bem maior, mais organizada e com muita gente.


As pessoas começaram a se reunir na frente da Balila, a partir das 6:30 da manhã.

Policiais observavam do outro lado da avenida, e vez por outra, um dos carros da Colinas passava também para avaliar o movimento.

Vereador de Campinas foi um dos primeiros a chegar.

Muitos carros, caminhões e motos dirigiram-se então até a rodovia no sentido Indaiatuba-Campinas e pararam na frente da empresa Plastek. Dali, passaram a ir para a praça de pedágio com faixas portadas por pedestres, seguidos pelos veículos.

Imagem da praça de pedágio, minutos antes de o movimento se organizar e tomar a rodovia.


Imagem dos veículos seguindo os pedestres com faixas de informação/conscientização/protesto, pouco antes da praça de pedágio.

Nas proximidades da praça, policiais rodoviários observam a chegada dos manifestantes.



Na estrada vazia, apenas uma ambulância passa pelos manifestantes.

Momento em que o Movimento chega no ponto em que a rodovia se expande em mais pistas para receber os veículos na praça de pedágio.


Participantes descem dos veículos no momento em que o Coordenador do Movimento, José Matos, é abordado por policiais e por uma funcionária do Poder Judiciário.

Abordagem dos policiais e da representante do Poder Judiciário ao Coordenador José Matos.
Profissionais de jornais, rádios e TV estavam no local.




O vereador de Indaiatuba Carlos Alberto Rezende Lopes, o professor Linho, conversa com policial sobre
o principal atributo do movimento: _" É pacífico!"


Outro vereador de Indaiatuba também esteve presente: Dr. Túlio José Tomass do Couto.


Por falar em vereadores, a lista de nossos representantes no Legislativo era grande: Linho, Túlio, Linho, Túlio, Linho, Túlio, Linho, Túlio, Linho, Túlio, Linho e finalmente, também Túlio.
Não esqueça deles todos.




Aos funcionários da Colinas, restou observar atentamente o pacífico movimento que impediu o trânsito por muito tempo.
Folga forçada.


Manifestantes aguardavam enquanto José Matos recebia a informação do Poder Judiciário, de que o Movimento não poderia obstruir a rodovia. Eram aproximadamente 8:10 da manhã.


Atendendo ao Judiciário, afinal ninguém alí é fora-da-lei, os manifestantes começaram a se dispersar.
As imagens seguintes são do meu retorno, sentido Campinas- Indaiatuba.
Dá para ter a noção da dimensão que o movimento tomou.
Neste momento em que retornei, eram aproximadamente 5 (cinco) quilômetros de congestionamento.




Nas imagens seguintes, a grande quantidade de veículos parados na Rodovia concedida para a Colinas, que cobra  R$ 18,20 para você sair e voltar para Indaiatuba.










2 comentários:

  1. Absurdo, todo ano, a população ter de se manifestar pela retirada deste pedágio abusivo. Não é razoável, não é lógico, não é ético...
    Gentil

    ResponderExcluir
  2. Através do facebook, José Matos comentou:

    José Matos comentou seu link:

    "Muito legal o registro fotográfico do movimento contra os pedágios abusivos em Indaiatuba. É o mais completo que vi até o momento. Valeu também a participação de todos. Conseguimos mostrar a nossa insatisfação e grande exposição na mídia paulista."

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS MAIS PROCURADAS - Última semana

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

.

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação
Ave silvestre foi domesticada e atualmente voa livremente pela cidade, pousando em logradouros públicos, tornando-se conhecida e querida pelos indaiatubanos. Ajude a preservar!

SEGUIDORES

Quantas pessoas precisam receber um órgão doado?

VISITANTES NO ÚLTIMO ANO