BEM-VINDO AO BLOG DE ELIANA BELO
Arquivo virtual de História, Memória e Patrimônio de Indaiatuba (SP) e região.*

Este blog só é viável com o auxílio de vários colaboradores; seja um também, divulgando seu (s) texto (s) ou imagem (ns).

CITE A FONTE ao fazer uso de textos ou imagens publicados neste blog; grande parte do material foi cedido generosamente por colaboradores.

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Museu do Casarão Pau Preto - "Peça do Mês" - Junho de 2011

A partir deste mês de junho de 2011, o Museu do Casarão do Pau Preto lança o projeto "Peça do Mês" que tem como objetivo dar destaque a uma peça de seu acervo em especial, além das exposições programadas.

O Museu do Casarão não é como muitos museus que possuem uma exposição "fixa", que raramente muda. A sistemática de exposição é periódica, cada época é um tema específico. Além dessas exposições temáticas, agora também será escolhida uma determinada peça para ser o "destaque do mês".

Neste primeiro mês de projeto, a peça é o Carrinho d’água:


(clique para ampliar)

Os carrinhos d´ água eram usados principalmente por crianças, que transportavam a água dos chafarizes até as residências. A água era colocada em baldes e transportada através de carrinhos feitos de madeira, como esse que está na imagem.

A doação da peça foi feita por Wladinei C. Aun e família e hoje compõe a reserva do Acervo do Museu do Casarão do Pau Preto, da Fundação Pró-Memória de Indaiatuba.



Na imagem acima, indaiatubaninhos com suas carriolas de carregar água posam para imagem em cena comum até meados da década de 1930.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS MAIS PROCURADAS - Última semana

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

.

VISITANTES NO ÚLTIMO ANO

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação
Ave silvestre foi domesticada e atualmente voa livremente pela cidade, pousando em logradouros públicos, tornando-se conhecida e querida pelos indaiatubanos. Ajude a preservar!

SEGUIDORES