BEM-VINDO AO BLOG DE ELIANA BELO
Arquivo virtual de História, Memória e Patrimônio de Indaiatuba (SP) e região.*

Este blog só é viável com o auxílio de vários colaboradores; seja um também, divulgando seu (s) texto (s) ou imagem (ns).

CITE A FONTE ao fazer uso de textos ou imagens publicados neste blog; grande parte do material foi cedido generosamente por colaboradores.

quarta-feira, 1 de abril de 2009

Construa sua Árvore Genealógica


Uma das formas de contribuir para a construção da história de nossa querida Indaiatuba é começar fazendo a árvore genealógica da sua família.
Se você nasceu ou mora aqui, a história da sua família - de algumas decisões tomadas ou vivenciadas - demonstram conjunturalmente as relações estruturais de nosso município. Na vida privada, naquilo que a gente acha que é somente "nosso" e totalmente desvinculado do "todo" estão as explicações mais sólidas sobre vários focos da História: as mudanças urbanas, a industrialização, os movimentos de população (migrações), as características culturais, sociais, políticas, etc. A história de nossa cidade pode ser enriquecida - e em alguns aspectos até desvendada - a partir da história da sua família!
História é ao mesmo tempo, o que está acontecendo e o registro/estudo do que já aconteceu. E as histórias das famílias são pedacinhos de uma grande colcha de retalhos que, "costuradas", vão apresentar esse realidade "maior" e "mais"complexa: a história de nossa Indaiatuba.
Muitos querem fazer essa pesquisa e não sabem como começar, nem tão pouco como organizar os dados e como (e principalmente) dispor os resultados para consulta pública na internet).
"Queria criar uma homepage, mas não sei o que elas comem..."
No texto transcrito abaixo, seguem algumas dicas para você começar fazer esse trabalho de "formiguinha", que vai exigir muito tempo, muita paciência, mas será (tenha certeza!!!) um prazeiroso trabalho de auto-conhecimento que pode valer mais do que muitas sessões de terapia! Boa sorte e... não esqueça de compartilhar!
FAMÍLIA
Programas gratuitos constroem árvores genealógicas;
sites ajudam a encontrar antepassados na Web e ferramenta para conhecer ancestrais (1)
"Imagine uma ferramenta de busca capaz de lhe dizer quem são seus antepassados a partir do seu sobrenome. É exatamente isso que os sites de genealogia pretendem ser. Eles pesquisam em bancos de dados que, dependendo do caso, podem ter milhões de sobrenomes listados.

O http://www.ancestry.com/, por exemplo, consulta uma base de 600 milhões de sobrenomes. Caso o seu esteja lá, ele mostra as árvores genealógicas em que o nome aparece. Alguns dos nomes encontrados vêm com informações como data de nascimento, de morte, descrição física e profissão, que podem ajudar na hora de checar se os indivíduos encontrados são de fato seus parentes distantes.Vários outros sites seguem modelos parecidos, nos quais a busca parte de um sobrenome e vai se aprofundando.

É o caso do http://www.surnameweb.org/, que consulta uma base de dados equivalente à do Ancestry.Outras páginas que podem ser úteis na busca por antepassados são a World Connect Project (http://worldconnect.rootsweb.com/) -que permite procurar antepassados por país e ano de nascimento-, a Surname Helper (http://surhelp.rootsweb.com/srchall.html) e a http://www.ancestralfindings.com/.Além dos sites gratuitos, também há programas pagos que dão acesso a bancos de dados com sobrenomes. Entre eles, um dos mais populares é o "Genealogy Detective" (US$ 24,95 em http://www.genealogydetective.com/).

Esses sites e programas costumam se alimentar de árvores genealógicas colocadas na rede por internautas. E, se você quiser pôr a de sua família na rede, há alguns programas gratuitos que ajudam.O "GenoPro" (http://www.genopro.com/), por exemplo, é tão simples quanto um editor de textos, permitindo construir árvores em poucos minutos. Já para colocá-las no ar, é bom consultar um guia na rede.

Um completo, e em português, está em http://members.tripod.com/CybelleF/Engler/arvore2.htm. "
(1) texto de ALEXANDRE VERSIGNASSI, publicado na Folha de São Paulo.
NOTA: Após publicar este post recebi um e-mail da Zazá Lee (do blog Espelho sem Aço, uma das minhas amigas incentivadoras) informando sobre o site que a família dela, por parte de mãe mantém. Fui dar uma visitada e... ai que ciúmes (é feio escrever inveja...). Passem pelo endereço e dêem uma espiadinha... com certeza tambem ficarão com aquela vontadinha de "eu também queeeero"!


Foi também deste site indicado, da família Maciel Monteiro, que eu capturei o seguinte texto bíblico, (livro do Eclesiástico - 44,1.10-15) que eu não conhecia:

"Façamos o elogio desses homens ilustres, que são nossos antepassados, em sua linhagem. Os primeiros foram homens de misericórdia; e nunca foram esquecidas as obras de sua caridade. Na sua posteridade permanecem os seus bens. Os filhos de seus filhos são uma santa linhagem, e os seus descendentes mantêm-se fiéis às alianças. Por causa deles seus filhos permanecem para sempre. E sua posteridade, assim como a sua glória, não terá fim. Os seus corpos foram sepultados em paz. Seu nome vive de século em século. Proclamem os povos a sua sabedoria. E cante a assembléia os seus louvores!"

2 comentários:

  1. Seria muito bom se as pessoas realmente dessem valor á história.

    É apaixonante ler como era a vida em tempos passados.

    Eu, que não tenho nenhum talento para historiadora, vejo como um romance a vida daqueles que nos precederam.

    E não importa muito se são do nosso sangue.

    Fazemos parte de um todo.

    ResponderExcluir
  2. A árvore dos Simpson esta mal feita porque o Hugo Simpson e irmão gémeo do Bart e o Herb Simpson não tem filhos

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS MAIS PROCURADAS - Última semana

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

.

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação
Ave silvestre foi domesticada e atualmente voa livremente pela cidade, pousando em logradouros públicos, tornando-se conhecida e querida pelos indaiatubanos. Ajude a preservar!

SEGUIDORES