BEM-VINDO AO BLOG DE ELIANA BELO
Arquivo virtual de História, Memória e Patrimônio de Indaiatuba (SP) e região.*

Este blog só é viável com o auxílio de vários colaboradores; seja um também, divulgando seu (s) texto (s) ou imagem (ns).

CITE A FONTE ao fazer uso de textos ou imagens publicados neste blog; grande parte do material foi cedido generosamente por colaboradores.

terça-feira, 7 de julho de 2009

Rota dos Cavaleiros - o RAID do Dr. Helton (PP)


.
Dr. Helton Antonio Ribeiro, vereador
que fez a indicação para viabilizar a ROTA DOS CAVALEIROS no antigo leito da FEPASA, no dia da inauguração*.
No domingo (dia 5 de julho) foi a inauguração da Rota dos Cavaleiros, um caminho que fica exatamente onde estava localizado a antiga linha ferroviária da FEPASA, entre a Parada Bela Vista (1) e a Estação de Cardeal (3), tendo ainda, no caminho, a Parada da Fazenda Espírito Santo (2).

O vereador Dr. Helton Antonio Ribeiro (PP) informou (4) que fez a indicação para essa obra motivado por dois fatores: a preservação da história e a segurança dos inúmeros cavaleiros que temos em nossa cidade, que "não possuiam um local tranquilo e apropriado para seus passeios".

O antigo leito da FEPASA - sem trilhos - estava abandonado, cheio de mato. Os vereadores da Câmara Municipal de Indaiatuba aprovaram a indicação de número 245 e os funcionários da Prefeitura Municipal fizeram a limpeza, o desmatamento e outras ações para viabilizar a obra, que, segundo Dr. Helton, contou com o "empenho do prefeito Reinaldo Nogueira, do Secretário Municipal de Obras e Vias Públicas, José Carlos Selone e Secretário Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente, Nilson Alcides Gaspar".

Com uma idéia simples, o Dr. Helton trouxe vários benefícios com essa indicação:
  • o número de cavaleiros que se beneficiou com esta rota é grande. No dia da inauguração, cerca de 2 mil pessoas participaram do evento. Isso pode incrementar o turismo, a cultura, o lazer e consequentemente aumentar a atividade comercial de nossa cidade;
  • segurança para quem pratica esse tipo de esporte e;
  • exposição, preservação e valorização da memória ferroviária.
RAID FERROVIÁRIO

Pessoas ligadas à memória ferroviária, que se auto-denominam férreo-fãs, costumam fazer, em vários lugares no Brasil, o chamado "raid ferroviário". A aventura consiste em caminhar pelos antigos leitos, tendo ou não trilhos, para explorar as antigas estações, paradas, casas-da-turma, chaves, pontes, túneis e outras obras ferroviárias, fotografando, observando a fauna e a flora e, é claro, fazendo um lanchinho. Muitos férreo-fãs até constroem carros-de-linha manufaturados e movidos "a muque" para andar sobre esses leitos, em trilhos desativados - claro!, para não sofrer riscos de atropelamento.

Agora, com a viabilização da indicação do Dr. Helton, temos o privilégio de fazer o RAID em um local seguro e preparado, passando pelos seguintes pontos de nossa história ferroviária:
(1) Parada da Fazenda Bela Vista, sem data de inauguração conhecida, era uma das paradas entre a estação de Indaiatuba e Cardeal, no ramal de Piracicaba. Abaixo, em foto de Alberto del Bianco, um trem passa pelo local, na década de 1980.


(2) A Parada da Fazenda Espírito Santo é vista abaixo, em duas fotos de épocas diferentes. A primeira, da década de 1980, imagem do acervo de José Pinto Siqueira Júnior. A segunda, onde ela está conservada - mas já sem os trilhos, é imagem de Adriano Martins.

(3) A Estação de Cardeal foi inaugurada em 1910, mas o prédio atual foi construído somente em 1919. Fica no quilômetro 164,237 do antigo ramal de Piracicaba.
O nome da estação era Posto Cardeal, e aparece pela primeira vez na listagem de estações da Sorocabana referente ao ano de 1910. Seu nome é uma homenagem ao português José Rodrigues Cardeal, que mandou erigir uma capela na região. Até 1916, não tinha movimentação de passageiros. Em 1/7/1919, o posto foi elevado à categoria de estação, no mesmo dia em que se inaugurou o prédio definitivo. Aparentemente, o que existia antes era uma construção pequena e rústica, provisória, mesmo. O prédio serve hoje como sede de uma emissora de rádio do pequeno distrito de Cardeal.
Segundo moradores do pacato local, os trilhos, já abandonados há tempos, teriam sido retirados daquele trecho por volta de 1991.

(gentileza Adriano Martins)
.
Sem dúvida, o RAID do Dr. Helton trouxe uma excelente oportunidade para o renascimento desses pontos de nosso passado, de nossa memória... de nossa identidade. Que essa indicação sirva de inspiração para outras ações do legislativo e do executivo de nossa Indaiatuba. Parabéns para todos os que se empenharam, principalmente para aqueles que sempre ficam anônimos nas obras públicas, os que não aparecem nas fotos: os que foram limpar o matagal.
.

.....oooooOooooo.....

.Sobre estações ferroviárias, ver mais em: www.estacoesferroviarias.com.br
(4) Informações do Dr. Helton, por e-mail.
.
.

Um comentário:

  1. Boa tarde Eliana!

    Sou o Rodrigo Gatti do Tribuna de Indaiá! Começei um blog também! Que tal trocarmos links?

    http://redacaoindaia.blogspot.com

    Abraço!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS MAIS PROCURADAS - Última semana

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

.

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação
Ave silvestre foi domesticada e atualmente voa livremente pela cidade, pousando em logradouros públicos, tornando-se conhecida e querida pelos indaiatubanos. Ajude a preservar!

SEGUIDORES