BEM-VINDO AO BLOG DE ELIANA BELO
Arquivo virtual de História, Memória e Patrimônio de Indaiatuba (SP) e região.*

Este blog só é viável com o auxílio de vários colaboradores; seja um também, divulgando seu (s) texto (s) ou imagem (ns).

CITE A FONTE ao fazer uso de textos ou imagens publicados neste blog; grande parte do material foi cedido generosamente por colaboradores.

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

REPREHENSÕES

autor: Acrísio de Camargo - autor da letra do "Hynno Indaiatubano"


Ritinha tóme cuidado,
voce ja num é criança.
Va cahi, c'o namorado,
na boca da vizinhança...

No rapáis num pega nada...
é um home; pense direito...
Veja que muié falada
num têm arranjo nêim jeito.

Inquanto ocêis num casá
num ande andano sozinho;
puis ja viéro me contá
que viro ocêis no caminho...

Farta um meis pro casamento.
Num custa chegá esse dia.
Despois daquele momento
tudo ha de i bêim minha fia.

Num ande mais por ahi.
Despois...-marido e muié
póde passiá inté durmi
na estrada se ocêis quizé.

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS MAIS PROCURADAS - Última semana

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

.

VISITANTES NO ÚLTIMO ANO

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação
Ave silvestre foi domesticada e atualmente voa livremente pela cidade, pousando em logradouros públicos, tornando-se conhecida e querida pelos indaiatubanos. Ajude a preservar!

SEGUIDORES