BEM-VINDO AO BLOG DE ELIANA BELO
Arquivo virtual de História, Memória e Patrimônio de Indaiatuba (SP) e região.*

Este blog só é viável com o auxílio de vários colaboradores; seja um também, divulgando seu (s) texto (s) ou imagem (ns).

CITE A FONTE ao fazer uso de textos ou imagens publicados neste blog; grande parte do material foi cedido generosamente por colaboradores.

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Guarda Municipal foi criada na década de 80

 Este texto é de Ana Lígia Scachetti, originalmente publicado no Jornal Tribuna de Indaiá no dia 04 de março de 1999. Em 2001 a Fundação Pró-memória de Indaiatuba republicou este e demais textos da autora no livro "O Ofício de Compartilhar Histórias" que agora está inteiramente disponibilizado no site da Fundação Pró-Memória de Indaiatuba. Para ler outros textos de Ana Lígia, clique aqui.

(...) vale resgatar como o serviço de segurança pública evoluiu na cidade durante este século.

Um dos primeiros registros existentes na Fundação Pró-Memória é uma foto do Destacamento Policial da Cadeia, no ano de 1911.

Já em 1947, foi confeccionado um livreto com o regulamento da Guarda Municipal do Município. Uma comissão organizadora foi formada por Sylvio Ferreira do Amaral, Henrique Infanger, Humberto Batista, José Narciso Monteiro Neto e Felipe Nazário. Os trabalhos eram orientados pelo delegado de polícia Joaquim Gusmão Filho.

De acordo com o levantamento feito pela arquivista Denise Aparecida Soares de Oliveira, três anos mais tarde (1950) a Lei no. 241 criava a primeira Guarda Municipal da cidade. No entanto, não há, no arquivo, registros das atividades exercidas por esta corporação, bem como a data de sua extinção.

A Lei no. 977, de 18 de setembro de 1967, traria de volta a Guarda Noturna, que duraria nove anos.

Em 1983, foi instalada uma nova Guarda Municipal, que passou a ter uma participação mais efetiva no combate aos crimes, auxiliando as Polícias Civil e Militar, essas duas mantidas pelo Estado.

Inicialmente a GM foi subordinada ao Departamento de Administração da Prefeitura. Depois ela passou a ser vinculada à Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SEMURB), à Secretaria Municipal de Administração e, finalmente, à Secretaria de Defesa Social (SEDES).

Quando começou a trabalhar, a Guarda era formada por 44 homens armados, os quais contavam com cinco fuscas, duas motos 125cc, uma Kombi e um Opala. Recém-instalada, em novembro de 1984, ela evitou um assalto ao Banco do Brasil por estar presente no Centro.

A responsável pela pesquisa, Denise, lembra que o processo de urbanização atingiu Indaiatuba nas décadas de 70 e 80. "Como consequência, houve um aumento da violência e da criminalidade, levando à revisão da parceria entre o Município e o Governo do estado e à redefinição das competências", conclui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS MAIS PROCURADAS - Última semana

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

.

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação
Ave silvestre foi domesticada e atualmente voa livremente pela cidade, pousando em logradouros públicos, tornando-se conhecida e querida pelos indaiatubanos. Ajude a preservar!

SEGUIDORES