BEM-VINDO AO BLOG DE ELIANA BELO
Arquivo virtual de História, Memória e Patrimônio de Indaiatuba (SP) e região.*

Este blog só é viável com o auxílio de vários colaboradores; seja um também, divulgando seu (s) texto (s) ou imagem (ns).

CITE A FONTE ao fazer uso de textos ou imagens publicados neste blog; grande parte do material foi cedido generosamente por colaboradores.

terça-feira, 1 de março de 2016

FUNDAÇÃO PRO-MEMÓRIA LANÇA GUIA DOS FUNDOS PÚBLICOS DO ARQUIVO MUNICIPAL


Objetivo é fornecer informações básicas sobre o seu acervo e os diversos fundos públicos

Em comemoração aos 22 anos a Fundação Pró-Memória lançou na última sexta-feira, dia 26, no Casarão Pau Preto, o Guia dos Fundos Públicos do Arquivo Municipal. 


Evento foi realizado na última sexta-feira - Foto: Eliandro Figueira – SCS/PMI

O Guia tem por objetivo fornecer informações básicas sobre o seu acervo e os diversos fundos públicos nele depositados ao longo dos seus mais de vinte anos de existência para a comunidade acadêmica e para o público em geral.

Os fundos públicos que o compõem são: 
  • Câmara Municipal; 
  • Cartório Eleitoral de Indaiatuba (211ª Zona Eleitoral do Estado de São Paulo); 
  • Cartório de Notas de Indaiatuba (2 º Tabelião de Notas e Protestos de Letras e Títulos da Comarca de Indaiatuba); 
  • Instituto de Amparo ao Menor de Indaiatuba/Fundação Indaiatubana da Criança e do Adolescente; 
  • Fiec; 
  • Fundação Pró-Memória de Indaiatuba; 
  • Prefeitura de Indaiatuba; 
  • Saae e 
  • Seprev.

Segundo o superintendente da Fundação, Carlos Gustavo Nobrega de Jesus, até uma década atrás pesquisadores, historiadores e jornalistas tiveram dificuldades ou não conseguiam, facilmente, acesso às informações públicas. “Posso relatar as experiências nos Arquivos, Centros de Pesquisa e Bibliotecas públicas que passei a frequentar nos anos 1990 enquanto aluno pesquisador de História. Eu vi de tudo, documentos que sumiram, documentos mal condicionados, usos exclusivos - pessoais de documentos públicos e livros descartados sem maiores critérios. Outras vez não vi nada, como no caso de uma visita a um grande órgão de pesquisa no qual busquei uma série documental e fui impedido de ter acesso às tais fontes pois estavam em mãos de pesquisadores renomados que não queriam que se desse acesso aos papeis antes de terminarem suas pesquisas”, comenta.

Gustavo lembra que 2014 foi lançado o catálogo da Hemeroteca (Revistas e Jornais), que está disponível no site da Fundação. “Situação básica para todo e qualquer Arquivo ou Centro de Pesquisa no que se refere à organização, classificação e principalmente acesso à informação, mas que, por requerer uma grande dedicação, conhecimento e principalmente empenho ainda é, infelizmente, um luxo compartilhado por poucos no Brasil. Situação que faz, do nosso caso, um exemplo não só no Estado de São Paulo, mas também no País. Por isso, acho mais do que justo agradecer aqui o apoio e incentivo do Prefeito Municipal Reinaldo Nogueira, representando toda administração pública e o Presidente da Câmara, Luiz Alberto “Cebolinha”, representando os Vereadores Municipais”, acredita. 

O superintendente também destaca o trabalho dos Conselhos Administrativo, Consultivo e de Preservação da Fundação Pró-Memória, respectivamente nos nomes de seus Presidentes, Antonio Reginaldo Geiss, Professor Gentil Gonçales Filho e Professor Lauro Ratti Junior. “Também quero agradecer a Diretora do Arquivo, Thais Svicero e toda sua equipe, verdadeiros idealizadores técnicos do projeto, que colocaram no papel nosso objetivo de mapear e organizar os fundos públicos do Arquivo Municipal de Indaiatuba”, relata. 

Finalmente gostaria de enaltecer a comunidade indaiatubana que está fazendo do nosso Arquivo um lugar cada vez mais visitado em busca de informação, valorizando, assim, sua própria história, situação que nos ajuda a compreender o êxito do nosso município, pois o conhecimento do passado é o passaporte para um futuro de uma sociedade mais justa e melhor”, termina.

ARQUIVO PÚBLICO MUNICIPAL “NILSON CARDOSO DE CARVALHO”

Instalado em 1994, o Arquivo Público Municipal“Nilson Cardoso de Carvalho” é pioneiro no que se refere à guarda e preservação da documentação pública municipal no Brasil.

Sob a responsabilidade da Fundação Pró-Memória de Indaiatuba tornou-se atribuição do Arquivo Público Municipal implementar e acompanhar a Política Municipal de Arquivos, por meio da gestão, recolhimento, tratamento técnico, preservação e criação de condições de acesso público ao patrimônio documental de Indaiatuba.

O arquivo é dividido em três fases: corrente, cujos documentos ficam a cargo da administração pública municipal e de suas diversas secretarias, das autarquias e fundações; o arquivo intermediário, cujos documentos que o compõe são aqueles de valor administrativo, mas que não possuem uso freqüente; e o arquivo permanente, onde se encontram os documentos que, pelo processo de avaliação, foram indicados para guarda definitiva pelo seu valor permanente e histórico.

Além disso, com o intuito de disponibilizar e divulgar seu acervo junto à comunidade, o Arquivo Público Municipal desenvolve a “Ação Educativa no Arquivo” fornecendo orientações de pesquisas realizadas nos mais diversos níveis e visitas monitoradas com escolas públicas ou privadas e universidades para conhecer melhor e mais de perto a história da cidade, visando à preservação de patrimônio documental e transformando tal espaço numa importante ferramenta a serviço da sociedade.

Também é responsável pelo projeto “História Oral de Indaiatuba” trazendo diversos depoimentos sobre a constituição da cidade e uma nova maneira de analisar a história de Indaiatuba.

E pelo “Concurso Cultural Arquivo Público Municipal Nilson Cardoso de Carvalho” que ao decorrer de suas edições pretende promover a história de Indaiatuba e estimular o conhecimento sobre o Arquivo e seus documentos se estendendo a toda a comunidade indaiatubana.

Assim, além de custodiar fundos públicos, custodia cerca de 150 fundos privados e uma Hemeroteca que dispõe de mais de 100 títulos de periódicos que circularam em Indaiatuba e região desde o início do século XX, e alguns títulos dos meios de comunicação mais importantes do país.

Casarão Pau Preto em fevereiro de 2016


Serviço:
Guia dos Fundos Públicos do Arquivo Municipal Nilson Cardoso de Carvalho
Avenida Dr. Jácomo Nazário, 1046, Cidade Nova, Indaiatuba
Horário de Funcionamento: Segunda a sexta-feira das 8h às 17h


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS MAIS PROCURADAS - Última semana

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

.

VISITANTES NO ÚLTIMO ANO

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação
Ave silvestre foi domesticada e atualmente voa livremente pela cidade, pousando em logradouros públicos, tornando-se conhecida e querida pelos indaiatubanos. Ajude a preservar!

SEGUIDORES