BEM-VINDO AO BLOG DE ELIANA BELO
Arquivo virtual de História, Memória e Patrimônio de Indaiatuba (SP) e região.*

Este blog só é viável com o auxílio de vários colaboradores; seja um também, divulgando seu (s) texto (s) ou imagem (ns).

CITE A FONTE ao fazer uso de textos ou imagens publicados neste blog; grande parte do material foi cedido generosamente por colaboradores.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

O aniversário do SAAE e a ISO 17025

Eliana Belo Silva
originalmente publicado na Revista Imediata Opinião de fevereiro de 2010

Neste ano de 2010 em que o SAAE completa 40 anos, bem que poderia nos presentear com a conquista da NBR ISO IEC 17025 para seu laboratório, acreditação feita pelo INMETRO que certifica que seu laboratório de análise de água - aquela que chega na nossa casa – possui garantia e gestão da qualidade.

Refletir sobre a importância dessa certificação em uma época em que o mundo todo discute sobre a disponibilidade da água pode parecer, aos olhos de alguns, uma discussão esnobe de minha parte. Mas não é.

Não podemos deixar que a discussão da qualidade da água disponível seja simplesmente eclipsada pela discussão da disponibilidade; ainda mais em uma cidade como nossa Indaiatuba, que está em uma região privilegiada do Brasil e entre os municípios da RMC não é nem uma coitadinha – economicamente falando.

Com a arrecadação que temos, nossos outros indicadores devem melhorar continuamente e entre eles, os relacionados à infra-estrutura e saúde; sendo esses últimos diretamente relacionados com a qualidade da água que é oferecida para nós.

Como garantir a qualidade da água se o laboratório do SAAE ainda não possui seus processos certificados por essa Norma?

Não podemos nos iludir: a mesma água que sai do esgoto de nossas casas e ruas acaba, de uma forma ou de outra, indo parar nos rios onde estão as represas de captação. Ou alguém pensa que a fonte da água que usamos é exclusivamente límpida e clara, reluzente tal qual cristal e verte apenas de nascentes?

Não é bem  assim. Não é.

O SAAE tem que tratar – “lavar” seria até que um termo esquisito, mas gritantemente mais claro - uma água que vem de vários pontos de captação e com diferentes características físico-químicas. Inclusive, com a quantidade de empresas que temos em nossa Indaiatuba, com considerável quantidade de metais pesados.

Então... nada mais confortável do que saber que após todo esse processo de tratamento, as amostras sejam analisadas por um laboratório que realmente dê a garantia que seus resultados estejam em conformidade com um sistema de gestão e de garantia confiável. E uma certificação feita pelo INMETRO em nosso querido SAAE será muito bem vinda! Uma segurança para os cidadãos. Confiabilidade, técnica e acuracidade nos resultados das análises é o que queremos nesta data festiva.

Não é uma tarefa fácil. Lembro-me sempre do bruxinho Harry Potter dizendo que temos que escolher consecutivamente entre o que é fácil e o que é certo.

E sistemas de gerenciamento fundamentado em Normas, principalmente as da série ISO são difíceis pois envolvem, antes de mais nada, três coisas: treinamento, treinamento e treinamento dos funcionários.

Um sistema certificado significa também tirar das pessoas – muitas vezes até talentosas e competentes, a responsabilidade total (e consequentemente a culpa também) pelos acertos e fracassos da organização e transmitir tudo isso para um sistema padronizado.

Retira-se do indivíduo o foco das formas de trabalho e implementa-se a execução das tarefas de acordo com instruções e procedimentos que atendam aos requisitos da citada Norma. E isso é difícil.

Mas o SAAE merece esse certificado na parede, e nós cidadãos, então poderemos cantar um “parabéns à você”, orgulhosos e seguros dos resultados das análises da água que estamos usando e pagando – nada barato – por ela.

FUNCIONÁRIO NÚMERO 1

Foto de homenagem feita ao funcionário
Naudir Bernadinelli, que ingressou no SAAE em 1º de janeiro de 1970, dia que em o SAAE iniciou oficialmente suas atividades, tornando-se o funcionário número 1 da autarquia, onde trabalha até hoje.
Crédito da imagem: Rose Parra do Quanta Notícia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS MAIS PROCURADAS - Última semana

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

.

VISITANTES NO ÚLTIMO ANO

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação
Ave silvestre foi domesticada e atualmente voa livremente pela cidade, pousando em logradouros públicos, tornando-se conhecida e querida pelos indaiatubanos. Ajude a preservar!

SEGUIDORES