BEM-VINDO AO BLOG DE ELIANA BELO
Arquivo virtual de História, Memória e Patrimônio de Indaiatuba (SP) e região.*

Este blog só é viável com o auxílio de vários colaboradores; seja um também, divulgando seu (s) texto (s) ou imagem (ns).

CITE A FONTE ao fazer uso de textos ou imagens publicados neste blog; grande parte do material foi cedido generosamente por colaboradores.

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Estação Ferroviária de Pimenta

Estação Pimenta em 1961
Imagem da Coleção de Alberto H. Del Bianco (1)
A estação ferroviária da Fazenda Pimenta - Estação Pimenta - funcionou sob a gestão das seguintes companhias nos anos citados:
  • Cia. Ytuana (1873-1892)
  • Cia. União Sorocabana e Ytuana (1892-1907)
  • Sorocabana Railway (1907-1919)
  • E. F. Sorocabana (1919-1971)
  • FEPASA (1971-1998)
Era uma estação que operava entre a estação de SALTO e a estação de entrocamento de ITAICI, antigo tronco da Ytuana e quilômetro 140,542 do ramal Campinas. 

Foi inaugurada em 14 de novembro de 1872, sendo que o prédio atual foi construído em 1899.
Estação Pimenta - provavelmente década de 1970 Autor Desconhecido

Segunda a historiadora Adriana Carvalho Koyama (2) a grandeza da produção de café da Fazenda Pimenta justificou a existência de uma estação de trem dentro da fazenda:

"Essa facilidade de embarcar o produto diretamente da fazenda é típica de grandes produtores de café, pois seu custo é bastante alto. É enorme o contingente de trabalhadores contratados por esse fazendeiro, pois, juntas, suas fazendas... [Pimenta, Gramma e Santa Rita]... têm 111 casas de colonos...".

Ainda segundo Adriana, a fazenda, antes de produzir café, já produzia açucar no final do século XIX. "Havia um engenho na Fazenda Pimenta, no período do ciclo do açucar paulista, com documentação sobre isso datada do início do século XIX (1818)."

Foi a primeira estação ferroviária de Indaiatuba a aparecer em um "Guia Levi". Na época em que a Estação de Pimenta ficou pronta, a Estação Central de Indaiatuba nem existia ainda. Então, a estação de Pimenta, era chamada de Estação de Indaiatuba:




Segundo o Jornal "O Diário de São Paulo" de 23 de março de 1873, no dia da inauguração desse ramal, o prédio da Estação Pimenta não estava construído, então a casa do guarda serviu como estação "provisória".


Esse importante patrimônio de nossa história, infelizmente está em completo abandono, conforme as imagens seguintes, de Ricardo Koracsony, feitas no dia 2 de dezembro de 2008 (reparem o ângulo!).


Para saber mais sobre a Estaçao Pimenta, visite: http://www.estacoesferroviarias.com.br/p/pimenta.htm
-----oooooOooooo-----
(1) Alberto H . Del Bianco já morou em trabalhou em Indaiatuba. Atualmente é mantenedor do Museu Virtal da Companhia da Estrada de Ferro do Dourado, no endereço http://br.geocities.com/cefdourado/
(2) KOYAMA, Adriana Carvalho et alli., Um Olhar sobre Indaiatuba, Fundação Pró-Memória de Indaiatuba, Coleção "Crônicas Indaiatubanas", Indaiatuba. 2006.

2 comentários:

  1. Muito curtim, Eliana! Cada vez que ouço falar no velho Fry, emocino-me com a festa de 95 anos de idade dele. a qual estive presente (1979)conversando com ele, que me mirava em pé, do fundo dos seus olhis azusia de impressionar. Nesta data e idade hé controversias.
    V. bsia que o antepassado dele, acho que chamado George Fry,quando faleceu foi substituido por um certo George Wshington? Esta ele me contou naquele longinguo dia de 1979 enquanto me mostrava sua rvore genealogica na parede de sua casa na rua Wizard, em SP. Ralph

    ResponderExcluir
  2. o comercial do jeans USTOP que muito passou na tv em 1976 foi gravado na fazenda pimenta em indaiatuba.quem quiser ver o comercial é so olhar no YOUTUBE

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS MAIS PROCURADAS - Última semana

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

.

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação
Ave silvestre foi domesticada e atualmente voa livremente pela cidade, pousando em logradouros públicos, tornando-se conhecida e querida pelos indaiatubanos. Ajude a preservar!

SEGUIDORES