BEM-VINDO AO BLOG DE ELIANA BELO
Arquivo virtual de História, Memória e Patrimônio de Indaiatuba (SP) e região.*

Este blog só é viável com o auxílio de vários colaboradores; seja um também, divulgando seu (s) texto (s) ou imagem (ns).

CITE A FONTE ao fazer uso de textos ou imagens publicados neste blog; grande parte do material foi cedido generosamente por colaboradores.

quinta-feira, 19 de março de 2015

Indaiatuba na Enciclopédia dos Municípios Brasileiros - Publicação do IBGE em setembro de 1957

A coleção "Enciclopédia dos Municípios Brasileiros" foi editada pelo IBGE entre 1957 e 1964 com o objetivo de sistematizar informações estatísticas e geocientíficas do território brasileiro, priorizando o município, mas oferecendo também informações sobre grande grandes regiões. A enciclopédia é composta por 36 volumes (cada um pesando em média 4 quilos com 27 x 37 cm), e foi planejada e orientada por Jurandyr Pires Ferreira, na época presidente do IBGE. 

O volume que fala sobre Indaiatuba é o de número 28, na página 415. Infelizmente não há fotos do nosso município, como há de vários outros. Os créditos citados são os seguintes:

Autoria do histórico - Romário da Silva· Capossoli; 
Redação final - Daniel Peçanha de Moraes Júnior; 
Fonte dos dados - A. M. E. - Romário da Silva Capossoli. 

O download dos 36 volumes da Enciclopédia dos Municípios Brasileiros totaliza 3,36 GB e pode ser feito aqui.

O post abaixo é uma cópia fiel do conteúdo da Enciclopédia e deve servir, atualmente, como fonte histórica.


INDAIATUBA - SP


HISTóRICO - A notícia histórica de lndaiatuba é bastante escassa porém conta-se como tradição que pelo fins do século XVIII ou princípios do século XIX, José da Costa, morador do lugar denominado Vutura (município de ltu), encontrou às margens do rio Jundiaí uma velha imagem de Nossa Senhora da Candelária, edificando no lugar uma pequena capela onde se reuniam os moradores vizinhos para fazerem rezas. Diz-se que Vutura foi a célula inicial de Indaiatuba e isso comprova-se pelos vestígios que ali ainda existem de antigas moradias. Foi elevada à freguesia com o nome de lndaiatuba, pelo Decreto de 9 de dezembro de 1830 e à vila pela Lei n.O 12, de 24 de março de 1859. Como município, instalado a 31 de julho de 1859, foi criado com a freguesia de Indaiatuba.

LOCALIZAÇÃO - Situado no traçado da E. F. Sorocabana e na zona fisiográfica 'industrial", Indaiatuba limita com os municípios de Monte Mor, Campinas, Jundiaí, Itu, Salto e Elias Fausto~ Posição da sede municipal - 23° 05' de latitude sul e 4 7° 13' de longitude W. Gr.

Posição do município de Indaiatuba em relação ao Estado e sua Capital

ALTITUDE - 620 metros. 

CLIMA - Quente de inverno seco com as seguintes temperaturas: mês mais quente maior que 22°C; mês mais frio menor que 18°C. Precipitação pluvial de 30 mm no mês mais seco. 

ÁREA - 299 km2 

POPULAÇÃO - Total do município 11 253 habitantes (5 776 homens e 5 477 mulheres) sendo 50% na zona rural (Censo de 1950). 
Estimativa para 1954: total 11961; zona urbana - 4 900; suburbana - 1 006 e rural 6055. 

ATIVIDADES ECONôMICAS - A economia municipal é baseada na agricultura e indústria. A produção agrícola em 1956, alcançou os seguintes índices: 

Produção agrícola em Indaiatuba no ano de 1956 - IBGE 

A área das matas existentes no município é estimada em 100 hectares. 

A. indústria com 1 500 operários tem nos seguintes estabelecimentos sua maior expressão: Cotonifício Indaiatuba, 
  • Tecelagem Judith - Giomi & Cia. (tecelagem de raion)
  • João Varoti 
  • Indústria e Comércio Mirian Ltda. 
  • Indústrias Mazzoni S/ A (cabos para guarda-chuva)

A pecuária em 31-XII-1954, apresentava-se com os seguintes rebanhos: 
  • bovino 8 000
  • muar 3 000
  • equino 1 600
  • caprino 1 200
  • suíno 1 000
  • ovino 200
  • asinino 3.

A produção de leite, até a mesma data, era de 2 500 000 litros. 

MEIOS DE TRANSPORTE

Com as cidades vizinhas: 
Monte Mor - rodoviário 19 km; 
Campinas rodoviário 30 km; ou ferroviário E.F.S. 42 km; 
Jundiaí rodoviário (via Campinas) 7 4 km ou ferroviário E.F.S. 38 km; 
Itu rodoviário 24 km ou ferroviário E.F.S. 30 km; 
Salto rodoviário 17 ou ferroviário E.F.S. 23 km e;
Elias Fausto rodoviário 22 km ou ferroviário E.F.S. 22 km. 

Com a Capital do Estado - rodoviário (via Itu e Santana de Parnaíba) 123. km ou ferroviário E.F.S. 152 km. 
Trafegam diariamente pela sede municipal cerca de 6 trens e 320 veículos entre automóveis e caminhões. 

COMÉRCIO E BANCOS 
O comércio com 10 estabelecimentos atacadistas e 140 varejistas transaciona mais freqüentemente com as praças de Campinas, Jundiaí, Itu e São Paulo. 
Mantêm agências no município os Bancos: 
Mercantil de São Paulo S. A., 
Paulista. do Comércio de São Paulo S. A., e 
Segurança S. A., bem como a Caixa Econômica Estadual que em 31-XII-1955 possuía 2 403 cadernetas em circulação . 

ASPECTOS URBANOS
A sede municipal possui 33 logradouros públicos dos quais 11 pavimentados.
Serviços públicos - energia elétrica - fornecida pela Cia. São Paulo Rio com 2 500 ligações;
água com 2 250 ligações;
telefone com 111 aparelhos;
correio, telégrafo (E.F.S.) .
 Há ainda, 4 hotéis, 2 pensões (Cr$ 120,00 diária), 2 cinemas, 1 cooperativa de produção e 1 sindicato de empregados.

ASSISTÊNCIA MÉDICO-SANITARIA
lndaiatuba é servido por 1 hospital com 127 leitos disponíveis,
1 posto de saúde,
1 posto de puericultura,
1 posto especializado em higiene mental e combate ao tracoma e 4 farmácias.
Exercem a profissão: 6 médicos, 8 dentistas, 3 farmacêuticos e 1 veterinário

ALFABETIZAÇÃO - 68% da população de 5 anos e mais sabem ler e escrever (Censo de 1950).

ENSINO
O ensino é ministrado através de 2 grupos escolares, 4 escolas municipais, 2 particulares, 44 isoladas, 1 ginásio estadual e Sociedade Brasileira de Educação ( rural-superior) .

OUTROS ASPECTOS CULTURAIS
Há na cidade uma biblioteca de caráter geral com 1 232 volumes e um jornal publicado quinzenalmente.

MANIFESTAÇÕES FOLCLóRICAS E EFEMÉRIDES - Além das datas cívicas de maior importância comemora-se dia 2 de fevereiro - Nossa Senhora da Candelária - padroeira do município.

VULTOS ILUSTRES - D. José de Camargo Barros, natural da Indaiatuba, foi bispo da então diocese de São Paulo.

OUTROS ASPECTOS DO MUNICIPIO

 A denominação local dos habitantes é "indaiatubanos".
O município conta com um campo de pouso cuja pista mede 800 metros de comprimento por 150 de largura.
Em 1956 a Prefeitura Municipal registrou 107 automóveis e 141 caminhões.
3-X-1955, havia 11 vereadores em exercício e 4161 eleitores inscritos.
O Prefeito é o Sr. Lauro Bueno Camargo.


.....oooooOooooo.....

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS MAIS PROCURADAS - Última semana

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

.

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação
Ave silvestre foi domesticada e atualmente voa livremente pela cidade, pousando em logradouros públicos, tornando-se conhecida e querida pelos indaiatubanos. Ajude a preservar!

SEGUIDORES

Quantas pessoas precisam receber um órgão doado?

VISITANTES NO ÚLTIMO ANO