BEM-VINDO AO BLOG DE ELIANA BELO
Arquivo virtual de História, Memória e Patrimônio de Indaiatuba (SP) e região.*

Este blog só é viável com o auxílio de vários colaboradores; seja um também, divulgando seu (s) texto (s) ou imagem (ns).

CITE A FONTE ao fazer uso de textos ou imagens publicados neste blog; grande parte do material foi cedido generosamente por colaboradores.

quinta-feira, 5 de março de 2009

Comércio - Globalização & Sumerbol

Eliana Belo Silva
Neste início do século XXI, temos visto uma transformação profunda no comércio de Indaiatuba.
Muitas casas de comércio tradicionais de nossa cidade fecharam suas portas.
Foram vários os motivos conjunturais, mas estruturalmente podemos afirmar que essa mudança adveio da globalização. Grandes corporações empresariais, e até sistemas de produção de países como os tigres asiáticos - principalmente a China - engoliram negócios menores no mundo todo, fazendo desaparecer pequenos e médios negócios familiares, onde a qualidade era garantida pela proximidade que seus proprietários tinham com seus clientes - todos cidadãos, amigos, sócios do mesmo clube, frequentadores do mesmo grupo religioso, compadres...
Aquela pequena farmácia em que o dono conhecia até nossos avós e perguntavam se a pressão deles estava boa, fechou.
Aquela loja de eletrodomésticos e brinquedos da esquina do centro, tão tradicional, foi substituída por outras, que vendem artigos chineses a 1,99.
As pequenas vendas e quitandas, onde se marcava o débito em uma caderneta para se pagar Deus sabia quando, e que tinha aqueles doces no baleiro e aquela salsicha ma-ra-vi-lho-sa no vinagre que nunca era trocado, cadê? Fecharam também e foram substituídas por grandes redes de supermercado que só aceitam seu cheque se você disser até o nome no navio que sua bisavó migrou para o Brasil.
Mas na contra-mão dessa realidade, alguns comércios sobreviveram e até cresceram nesse cenário de adversidade. É o caso do Sumerbol, que nasceu na época em que a grande rede Supertuba dominava esse nicho em Indaiatuba e região, cresceu e está aí, florescendo fortemente no meio de grandes corporações do ramo, como o Carrefour e Pão de Açucar. Acompanhe sua história, através dos registros fotográficos comentados a seguir:
O Sumerbol teve início em 1970 quando o casal Juvenal e Júlia Bordenalli,
abriu um pequeno armazém, em um salão alugado com 28m2, no bairro Cidade Nova,
que na época ainda tinha muitas ruas de terra e terrenos tomados por matagais.
O filho Valdemar trabalhava com os pais, e a pequena venda oferecia um serviço diferenciado (!),
que era entregar gás. Entregava com uma bicicleta... mas entregava!
Primeira venda do casal Bordenalli, em 1970

Aos poucos, os proprietários foram comprando terrenos circunvizinhos e após 4 anos,
o então "Armazém Bordenalli" já era um mini-mercado e já estava instalado em um espaço maior com 78m2, no mesmo endereço.

Armazém Bordenalli em 1974

Em 1977, após 7 anos de funcionamento, o Armazém do "seo" Juvenal
passou a ser um supermercado, e recebeu o nome de SUMERBOL.

Vista Externa do primeiro SUMERBOL em 1977

Vista Interna do SUMERBOL em 1977 Em 1982, com a aquisição de novos terrenos da mesma vizinhança,
o supermercado já havia crescido e estava instalado em 500 m2.

Vista Externa em 1982 Vista Interna em 1982

Em 1986 o supermecado da Cidade Nova foi reformado e ampliado e
uma nova unidade foi construída e inaugurada no Jardim Morada do Sol.


Loja 1 modernizada em 1986 Construção da Loja 2 no Jardim Morada do Sol Loja 2 - Construção pronta em 1986 no Jardim Morada do Sol

No ano 2000 a loja 1 passou por uma reforma estrutural e passou a tomar o quarteirão todo.
O sistema de atendimento foi automatizado, assim como o sistema de refrigeração, que possui um sistema de calibração da temperatura controlado on-line.

Agora em 2008, as duas lojas ocupavam uma área de 10.000m2 onde atualmente trabalham 350 funcionários diretos e cerca de 2000 indiretos.

É uma empresa cujo capital é 100% local.


Vista Aérea da Loja 1 em 2008

Vista Externa da Loja 1 em 2008 Fachada externa na Loja 2 em 2008

Vista Aérea da Loja 2 em 2008


-----oooooOooooo-----

Se você também é um empreendedor e quer compartilhar a história de seu comércio ou indústria, escreva para elianabelo@terra.com.br. A História de nossa cidade é feita por nós e por nós também deve ser escrita!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS MAIS PROCURADAS - Última semana

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

.

VISITANTES NO ÚLTIMO ANO

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação
Ave silvestre foi domesticada e atualmente voa livremente pela cidade, pousando em logradouros públicos, tornando-se conhecida e querida pelos indaiatubanos. Ajude a preservar!

SEGUIDORES