BEM-VINDO AO BLOG DE ELIANA BELO
Arquivo virtual de História, Memória e Patrimônio de Indaiatuba (SP) e região.*

Este blog só é viável com o auxílio de vários colaboradores; seja um também, divulgando seu (s) texto (s) ou imagem (ns).

CITE A FONTE ao fazer uso de textos ou imagens publicados neste blog; grande parte do material foi cedido generosamente por colaboradores.

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Água Encanada em Indaiatuba


Iimagem da  caixa d’água inaugurada em 1937, construída no triangulo da atual Rodoviária na rua 24 de Maio, esquina com Presidente Vargas cedida por Antonio da Cunha Penna.

Ao lado da caixa aparece o antigo parque municipal. À direita, as instalações da futura Têxtil Judith S/A. Pode-se notar que a rua 24 de maio está sendo asfaltada, fato que aconteceu no governo do prefeito Jacob Lyra - (Gestão 1952/55) - Informação de Antonio Reginaldo Geiss.





Água Encanada em Indaiatuba


texto de Dilermando Pedroso de Barros
publicada no livro "Lembranças de Menino"

O comentário era grande em torno da viabilidade de Indaiatuba vir a ter água encanada.

Mas, afinal, um menino de 12 anos pouca possibilidade tinha de infiltrar-se nos meandros administrativos e políticos. Então, só restava ouvir o que diziam em torno do assunto.

Rebuscando, entretanto, minhas lembranças, volvo-me ao ano de - possivelmente- 1937 e vejo a enorme caixa d´água de cimento assentada sobre as colunas de concreto e muita gente em suas cercanias, aguardando a cerimônia de inauguração.

Essa caixa seria receptora e a distribuidora de precioso líquido ao pequeno lugarejo, eregida à margem esquerda da avenida de eucaliptos, na saída para Campinas.

Padre, coroinhas e povo aguardavam o início das comemorações. Enquanto isso, alguns homens - com palmas de indaiá - aspergiam a salmoura na carne do churrasco que começara a assar, sustentada por espetos de taquara, dispostos ao longo da valeta com brasas e que havia sido aberta naquela terra vermelha.

O homem central destes acontecimentos era o prefeito em exercício, o Dr. José Cardoso da Silva.

O Dr. Cardoso, além de prefeito, era médico chefe do Hospital Augusto de Oliveira Camargo. Todos diziam que ele gozava de prestígio e estima com Dona Leonor de Barros Camargo, doadora do hospital à cidade.

A prefeitura era pobre e não tinha recursos financeiros suficientes para a realização das obras da tão almejada  água encanada.

A população, em tom de zombaria, e diante das dificuldades e quase desesperanças, quando se referia à ela, referia-se como a  "água enganada de Indaiatuba."

Comentava-se, então, que pela influência do Dr. Cardoso, ele conseguira de Dona Leonor o dinheiro, como empréstimo, para a realização do almejado sonho. Uma outra facção, porém, comentava que o dinheiro foi possível pelos contatos anteriores efetuados pelo Dr. Scyllas Leite de Sampaio, que também gozava de prestígio e estima junto à grande Senhora.

De qualquer maneira, o sonho acalentado tornou-se realidade. A caixa d´ água receptora e distribuidora fora eregida e os canos, distribuídos e implantados. Por tudo isso, as festanças a que estávamos presenciando.

Como não poderia deixar de ser, nasceu em Indaiatuba uma polêmica: a qual dos dois últimos prefeitos devia-se a implantação dos serviços de água e esgoto da cidade?

Logicamente este é assunto para os pesquisadores da história de Indaiatuba. Entretanto, para nós, crianças, importava que a nossa cidade estava entranto para o rol das cidades importantes, mesmo com a zombaria de alguns conhecidos saltenses, que diziam:

_ " Agora sim, os indaiatubanos vão tomar banho todos os sábados!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS MAIS PROCURADAS - Última semana

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

.

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação
Ave silvestre foi domesticada e atualmente voa livremente pela cidade, pousando em logradouros públicos, tornando-se conhecida e querida pelos indaiatubanos. Ajude a preservar!

SEGUIDORES