BEM-VINDO AO BLOG DE ELIANA BELO
Arquivo virtual de História, Memória e Patrimônio de Indaiatuba (SP) e região.*

Este blog só é viável com o auxílio de vários colaboradores; seja um também, divulgando seu (s) texto (s) ou imagem (ns).

CITE A FONTE ao fazer uso de textos ou imagens publicados neste blog; grande parte do material foi cedido generosamente por colaboradores.

terça-feira, 9 de junho de 2015

Um pé de quê? UM PÉ DE INDAIÁ!

Você conhece o programa Um Pé de Quê?  É um programa apresentado por Regina Casé, criado e produzido pela Pindorama Filmes e exibido no Canal Futura, que tem como objetivo aproximar as árvores dos espectadores através da música, da culinária, da história, da tecnologia, da antropologia... 

Veja neste link o programa que foi feito sobre a palmeira de indaiá, que deu origem ao nome de "Indaiatuba".

UM PÉ DE iNDAIÁ


PALMEIRA-INDAIÁ, COQUEIRO-INDAIÁ, PALMITO-DE-CHÃO, INDAIÁ-GUAÇU, INAIÁ, NAIÁ, CAMARINHA, ANAJÁ


NOME CIENTÍFICO
Attalea dubia (Mart.) Burret

FAMÍLIA
Arecaceae

CARACTERÍSTICAS MORFOLÓGICAS:

ÁRVORE solitária, de 10-20 m de altura.



 Imagem da Palmeira de Indaiá
Crédito: www.umpedeque.com.br


TRONCO de 20-35 cm de diâmetro.

 Tronco da Palmeira de Indaiá
Crédito: www.umpedeque.com.br


FOLHAS distribuídas em número de 20-30 por coroa, com 2-3 m de comprimento, e com média de 114 pares de folíolos irregularmente dispostos ao longo de toda sua haste central.



Folha de Indaiá
Crédito: www.umpedeque.com.br


FLORES masculinas e femininas em um mesmo cacho, de 1-1,5 m de comprimento. As flores masculinas distribuem-se em duas fileiras por cacho, e apresentam sépalas de 1-2 mm de comprimento e pétalas achatadas e pontiagudas, com 8-20 mm de comprimento por 1,5-2,5 mm de largura, e 6-10 estames. As flores femininas são maiores, medem 25-40 mm de comprimento por 15-17 mm de diâmetro.

FRUTO com 6-8,5 cm de comprimento por 3-4 cm de diâmetro, tem casca amarelada e um “bico” em uma das extremidades, de 2-3 cm de comprimento, dotado de polpa adocicada, suculenta e fibrosa, com 1-2 sementes.



Coquinho de Indaiá

Crédito: www.umpedeque.com.br


SEMENTE de 2,5 cm de comprimento.

FLORAÇÃO ocorre nos meses de agosto-dezembro. Os frutos amadurecem durante os meses de junho-novembro.



USO/ÁRVORE bastante ornamental e pode ser empregada com sucesso na arborização de praças e parques. Trata-se de uma espécie importante para a composição de plantios heterogêneos destinados à recomposição de áreas degradadas de preservação permanente.

USO/MADEIRA moderadamente pesada, mole e de pouca resistência ao apodrecimento. Utilizada localmente nas construções rústicas.

USO/OUTRAS UTILIDADES As folhas são empregadas para cobertura de pequenas construções rurais. Os frutos são comestíveis, e eram vendidos no passado nos mercados do Rio de Janeiro. As amêndoas são também comestíveis.

OBTENÇÃO DE SEMENTES Colher os frutos diretamente da árvore quando iniciarem a queda espontânea, ou recolhê-los no chão após a queda. Não há a necessidade de despolpá-los para semeadura. Caso se queira armazenar as sementes, secá-las parcialmente e com a polpa.

PRODUÇÃO DE MUDAS Colocar os frutos ou os caroços para germinação logo que colhidos em canteiros ou diretamente em recipientes individuais contendo substrato organo-argiloso. A emergência ocorre em 4-6 meses. Transplantar as mudas dos canteiros para embalagens individuais quando atingirem 5-8 cm. O desenvolvimento das mudas é lento, e o das plantas no campo é moderado.

REFERÊCIA BIBLIOGRÁFICA:
LORENZI, Harri. Árvores Brasileiras Manual de Identificação e Cultivo de Plantas Arbóreas Nativas do Brasil. Vol. I. Editora Plantarum, Nova Odessa, São Paulo, 1992, p. 27 | Palmeiras no Brasil: nativas e exóticas. Nova Odessa (SP): Plantarum, 1996, 62 p 

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS MAIS PROCURADAS - Última semana

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

.

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação
Ave silvestre foi domesticada e atualmente voa livremente pela cidade, pousando em logradouros públicos, tornando-se conhecida e querida pelos indaiatubanos. Ajude a preservar!

SEGUIDORES

Quantas pessoas precisam receber um órgão doado?

VISITANTES NO ÚLTIMO ANO