BEM-VINDO AO BLOG DE ELIANA BELO
Arquivo virtual de História, Memória e Patrimônio de Indaiatuba (SP) e região.*

Este blog só é viável com o auxílio de vários colaboradores; seja um também, divulgando seu (s) texto (s) ou imagem (ns).

CITE A FONTE ao fazer uso de textos ou imagens publicados neste blog; grande parte do material foi cedido generosamente por colaboradores.

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Museu Casarão recebe exposição temporária sobre raízes culturais africanas em Indaiatuba

(divulgação)


A Fundação Pró-Memória de Indaiatuba iniciou na última terça-feira (3) a exposição temporária “Consciência e Vivências: raízes culturais africanas em Indaiatuba”, no Museu Casarão Pau Preto. 

Por ocasião do Dia da Consciência Negra, comemorado no Brasil em 20 de novembro, o Museu Municipal Casarão Pau Preto abre uma nova exposição que traz ao público manifestações culturais de raízes africanas que permeiam o cotidiano da cidade de Indaiatuba. 

A exposição permanece até o dia 24 de dezembro. 

Breves históricos sobre o Jongo e a Folia de Reis, texto escrito por Marina Costa, professora da Secretaria da Educação e Conselheira da Fundação Pró-Memória de Indaiatuba, são descritos nos painéis da exposição, juntamente com fotos dos grupos. 

Há também a exibição de reportagens e apresentações diversas do Grupo de Jongo “Filhos da Semente” em uma televisão alocada no mesmo espaço de exposição.


Serviço:

Local: Museu Municipal Casarão Pau Preto

Endereço: Rua Pedro Gonçalves, 477 – Jardim Pau Preto

Horário: segunda a sábado das 9h às 17h, domingos e feriados das 13h às 17h 


Um comentário:

  1. Eliana, bom dia!
    Tudo bem?
    Meu nome é Gisele. Eu sou jornalista da Revista REGIONAL, gostaríamos de saber se há algum e-mail ou telefone que poderíamos entrar em contato com você. Meu e-mail é giscaravelli@hotmail.com
    Fico no aguardo. Obrigada. Abs.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS MAIS PROCURADAS - Última semana

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

.

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação
Ave silvestre foi domesticada e atualmente voa livremente pela cidade, pousando em logradouros públicos, tornando-se conhecida e querida pelos indaiatubanos. Ajude a preservar!

SEGUIDORES

Quantas pessoas precisam receber um órgão doado?

VISITANTES NO ÚLTIMO ANO