BEM-VINDO AO BLOG DE ELIANA BELO
Arquivo virtual de História, Memória e Patrimônio de Indaiatuba (SP) e região.*

Este blog só é viável com o auxílio de vários colaboradores; seja um também, divulgando seu (s) texto (s) ou imagem (ns).

CITE A FONTE ao fazer uso de textos ou imagens publicados neste blog; grande parte do material foi cedido generosamente por colaboradores.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Lançamento da "Cronologia Indaiatubana"

Doutos em psicologia dizem que para que possamos realmente entender o outro, é necessário que exerçamos a empatia, uma habilidade que poucos possuem e mais poucos ainda utilizam com frequência. Trata-se de uma ação de se colocar no lugar do outro. Com essa percepção e visão podemos tentar ter uma maior compreensão do que o outro é ou faz.



Exerçamos agora a empatia com o sr. Nilson de Cardoso Carvalho, autor do livro "Cronologia Indaiatubana", lançado ontem (18/02) pela Fundação Pró-Memória. Imagine que você passou dez anos de sua vida (no caso dele, os últimos os seus últimos) indo de arquivo em arquivo, em bibliotecas, cartórios, igrejas, casas e fazendas, buscando coletar referências históricas sobre nossa cidade de Indaiatuba.

Repito: dez anos buscando fragmentos em locais públicos e privados, com recursos próprios, com seu carro, seu dinheiro, dispondo do seu tempo. Organizando, selecionando, classificando esses fragmentos. Anotando, datilografando, digitando, guardando, cuidando, amando. Preocupando-se até o fim de sua vida com o armazenamento, preservação, disponibilização e publicação. Percebeu? Sentiu?

Haja empatia para compreender a importância do trabalho do sr. Nilson!!!!

O livro é lindo. Chiliques suspeitos vindos de mim que fiquem à parte, mas o li-vro-é -li-ndo. Bom papel, imagens inéditas, texto feito com cuidado primoroso e rigor de historiador para lá de bem formado. (E "seo" Nilson foi um pesquisador, ele não era formado em Historia!).

O conteúdo é dividido em três partes, para deleite de historiadores, memorialistas, jornalistas, preservacionistas e outros "istas" que amam nossa Indaiatuba e -não só isso, é uma excelente leitura para professores e alunos e pesquisadores da história regional. São elas:
  • Parte 1: Registros de Povoadores (a partir de 1200);

  • Parte2: A Paróquia, a Freguesia e a Vila de Indaiatuba (a partir de 1809) e;

  • Parte3: O século XX (a partir de 1901).


Arquivos:
  • Arquivo da Cúria Diocesana de Jundiaí,

  • Arquivo da Cúria Metropolitana de Campinas;

  • Arquivo da Cúria Metropolitana de São Paulo;

  • Arquivo de José Luiz Bicudo do Valle;

  • Arquivo do Estado de São Paulo;

  • Arquivos do Museu Paulista de Itu;

  • Arquivo Público Municial de Indaiatuba;

  • Biblioteca Municipal de São Paulo;

  • Cartórios de Notas de Indaiatuba;

  • Cartórios de Notas de Itu;

  • Insituto Histórico e Geográfico de São Paulo.


Créditos de Publicação:
Adriana Carvalho Koyama e Celso Lago Paiva: organização dos originais e revisão;
Adriana Carvalho Koyama e Antonio Reginaldo Geiss: revisão;
Adriana Carvalho Koyama: Pesquisa Iconográfica;
Imagens do Acervo Público do Arquivo Municipal;
Apoio dos Amigos da Coleção Nilson Cardoso de Carvalho e
Apresentação de Marcelo Alves Cerdan.

De onde o senhor Nilson está, com certeza esteve em júbilo na noite de ontem, ao saber do carinho com que seu legado está sendo cuidado. E com certeza sua alma receberá energias de paz de cada leitor que admirará seu trabalho editado.
Encerrando a parte formal do evento, o prefeito de Indaiatuba, Reinaldo Nogueira Lopes Cruz, ao homenagear "seo" Nilson em seu discurso, em nome das autoridades presentes e de todos de Indaiatuba, referenciou-se ao trabalho realizado, não só elogiando e agradecendo, mas dizendo que ele "...não era indaiatubano, mas fez muito mais por nossa cidade do que muitos que são da terra e não fazem nada por ela." Caro Reinaldo, ou melhor (para cumprir o protocolo...) - senhor prefeito Reinaldo, eu acho que o senhor deveria abrir um departamento na prefeitura e mandar distribuir senha para um monte de gente que precisa vestir essa carapuça.
Veja fotos e leia mais sobre o evento no Blog do Marcos Kimura:
E no site da Prefeitura Municipal, onde também encontram-se belíssimas fotos do Casarão feitas por Eliandro Figueira:

3 comentários:

  1. Olá Eliana:

    Parabéns pelo texto, bastante oportuno para a figura do Sr. Nilson, que conheci nas reuniões da CADA - Comissão de Análise de Documetnos e Arquivos da FPM. Sua participação sempre foi no sentido de resguardar os interesses de pesquisadores aos documentos que registram a História de nossa cidade. Senhor Nilson realizou uma Odisséia em busca de referências para sua obra. Merece também recordação de Dona Sylvia, memória viva em detalhes de nossa cidade, possuindo até os seus últimos dias a agilidade de pensamento, com sua larga experiência. Dois personagens ilustres da Memória de Indaiatuba. Parabéns.
    Professor Gentil

    ResponderExcluir
  2. Adorei td...o texto, o"seo" Nilson e essa foto que já conhecia. Parabéns ao lindo trabalho que ele realizou...são poucas as pessoas que possuem um alma inquieta e perseverante!
    bjo
    Vera

    ResponderExcluir
  3. Admiravél!

    A cada post, uma dscoberta para uma "estrangeira", como eu.

    A cidade está tomando forma para mim , agora.

    Parabéns Eliana, por nos incluir nesta história.

    Bjs
    Continue com este arrebatamento que contagia!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS MAIS PROCURADAS - Última semana

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

.

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação

Indaiatuba - A cidade que tinha um urubu de estimação
Ave silvestre foi domesticada e atualmente voa livremente pela cidade, pousando em logradouros públicos, tornando-se conhecida e querida pelos indaiatubanos. Ajude a preservar!

SEGUIDORES